Faculdade de Tecnologia de Taubaté

PERFIL E HISTÓRICO

O Centro Paula Souza é uma instituição vinculada à Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, destinada a articular, realizar e desenvolver a educação profissionalizante nos níveis médio, técnico, graduação e pós-graduação, tendo iniciado suas atividades em 06 de outubro de 1969, no governo de Roberto Costa de Abreu Sodré.

As Faculdades de Tecnologia do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza são instituições públicas de ensino superior que oferecem cursos de graduação em tecnologia gratuitos, devidamente reconhecidos, estruturados e desenvolvidos para atender o mercado de trabalho.

A Faculdade de Tecnologia de Taubaté, unidade do Centro Paula Souza, instalada no município desde 2011, abriga mais de 500 alunos distribuídos em três cursos de graduação tecnológicos devidamente reconhecidos e estruturados, sendo dois presenciais e um a distância.

Nossa missão é promover a educação profissional pública dentro de referenciais de excelência visando ao atendimento das demandas sociais e do mundo de trabalho.

QUEM SOMOS

O Centro Paula Souza iniciou suas atividades em 6 de outubro de 1969. Mas as primeiras reuniões do Conselho Estadual de Educação para a criação da instituição aconteceram em 1963, quando surgiu a necessidade de formação profissional para acompanhar a expansão industrial paulista.

A ideia de criar um Centro Estadual voltado para a Educação Tecnológica ganhou consistência quando Roberto Costa de Abreu Sodré assumiu o governo do Estado de São Paulo, em 1967.

Em outubro de 1969, o governador Abreu Sodré assinou o Decreto-Lei que criou a entidade autárquica destinada a articular, realizar e desenvolver a educação tecnológica nos graus de ensino Médio e Superior.

CONGREGAÇÃO

A Congregação é a máxima instância da Unidade, responsável pela supervisão das atividades da Faculdade, em concordância com as diretrizes gerais da política educacional do Centro Paula Souza - CEETEPS.

Constituída pela Direção da Unidade, Coordenação dos Cursos e representantes do corpo docente, administrativo, discente e da comunidade.

Diretor:
Prof. Doutor Claudemir Stellati

Coordenador do Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas:
Prof. Me. Flávio Groh
E-mail: flavio.groh@fatec.sp.gov.br

Coordenador do Curso de Eletrônica Automotiva:
Prof. Me. Michel Robert Veiga
E-mail: michel.veiga@fatec.sp.gov.br

Coordenadora do Curso de Gestão Empresarial:
Prof. Me. Anna Renata Marcondes
E-mail: anna.marcondes@fatec.sp.gov.br

QUEM FOI PAULA SOUZA

O professor Antônio Francisco de Paula Souza foi o fundador da Escola Politécnica de São Paulo - Poli, hoje integrada à Universidade de São Paulo. Engenheiro, político e professor, Paula Souza nasceu em Itu, em 1843.

De uma família de estadistas, foi um liberal, tendo lutado pela República e Abolição da Escravatura.

Em 1892 elegeu-se deputado estadual, ficando poucos meses no cargo, pois o Marechal Floriano Peixoto convocou-o ao Ministério do Exterior. Formado em Engenharia em Carlsruhe, na Alemanha, e em Zurique, na Suíça, foi em toda a sua vida pública um empreendedor e forte oposicionista da centralização do poder político-administrativo da Monarquia. Educador, esteve ligado à Poli por 25 anos. Seu desejo era introduzir no Brasil um ensino técnico voltado para a formação de profissionais preocupados com o trabalho e não apenas com discussões acadêmicas.

Seu dinamismo em criar obras é um exemplo dessa preocupação. Criou um conceito novo de ensino, convidou especialistas europeus e americanos para lecionar na Poli, à frente da qual esteve como primeiro diretor, de 24 de novembro de 1894 abril de 1917, quando faleceu, em São Paulo.

SECRETARIA ACADÊMICA

É o setor responsável pelo controle, verificação, registro e arquivamento da documentação referente à vida acadêmica do aluno, desde o seu ingresso na Instituição, até a conclusão de seu curso.

Missão: Realizar com presteza e eficácia todos os procedimentos que envolvem o controle e o registro acadêmico, assim como orientar os alunos e fornecer informações relativas ao dia-a-dia acadêmico.

Visão: Ser um setor de referência nos aspectos acadêmicos, atendendo com plena observância nos preceitos legais.

Horário de atendimento:
De segunda à sexta das 13h00 às 21h00.

Diretora de Serviços Acadêmicos:
Adriana Lopes
E-mail: f251acad@cps.sp.gov.br

Agente Técnico Administrativo:
Aparecida Raquel B. V. de Oliveira
E-mail: fatectaubate@gmail.com

BIBLIOTECA

A leitura é algo crucial para a aprendizagem do ser humano. Quem lê, pensa melhor, se expressa melhor, não se deixa manipular, enfim, torna-se uma pessoa mais informada e crítica. Sendo assim as Bibliotecas possuem papel importante dentro desse cenário da leitura, pois armazenam, organizam e disponibilizam a informação desejada, além de localizar e trazer até o usuário o conhecimento, independente do suporte físicoe da forma como ele se apresenta.

É com essa proposta (de incentivar o hábito da leitura) que a biblioteca da Fatec de Taubaté está aberta aos alunos, professores, funcionários e visitantes. O acesso é livre para todos que quiserem realizar consultas locais, leitura, estudos e uso dos computadores. O empréstimo de material bibliográfico é permitido somente à comunidade Fatec, com a apresentação de qualquer documento (RG., CPF, Carteira Nacional de Habilitação ou Carteirinha da Fatec), porém a renovação pode ser feita através do telefone e do email da Biiblioteca: f.taubate.bibli@centropaulasouza.sp.gov.br. Atualmente o acervo da biblioteca é formado por diversos materiais bibliográficos em diferentes suportes, tais como:

I – Geral (livros);

II – Multimeios (dvd e cd rom)

III - Referência (dicionários);

IV - Periódicos (revistas e jornais);

A biblioteca disponibiliza aos usuários: mesas de estudos coletivos ; terminais de consulta a Internet ; armários, com chaves, para que o usuário possa guardar, com segurança, seus pertences enquanto utiliza a biblioteca. Conta ainda com a presença de uma profissional da área da informação para poder auxiliar os usuários, caso seja necessário.

A biblioteca possui seu acervo, quase todo já disponível na Base de Dados,o software utilizado é o Biblioceeteps, podendo ser consultado pelos computadores da biblioteca, e, através do link www.biblioceeteps.com.br.

Horário de atendimento:
De segunda à quarta-feira das 13h 30 min. às 22h.
De quinta à sexta-feira das 13h 30 min. às 21h30 min.
Aos sábados das 8h30 min às 12h.

Responsáveis:
Maria Helena I. Carvalho
Estagiário: Renan Vilhena
E-mail: f251bibli@cps.sp.gov.br

FATEC TAUBATÉ CONSTITUI A PRIMEIRA "COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA"

Prezados alunos,
A Fatec de Taubaté, por solicitação da Coordenadoria de Ensino Superior do Centro Paula Souza, constituirá a primeira CPA - COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO. Conforme a Lei Federal 10861/2004 abaixo, todos os segmentos da unidade terão representação, sendo um membro representante dos professores, um dos alunos, um dos administrativos e um representante da sociedade civil.

Devido a necessidade de cumprimento de prazo, a primeira comissão será designada pela Direção da Unidade, função essa assegurada segundo o Regimento Unificado - Capítulo 3 da Diretoria – Art. 11 – Inciso XVIII: ” Designar comissões especiais, temporárias e permanentes, bem como grupos de trabalho para assessoria específica...”. Já para os próximos membros, esses deverão ser eleitos.

A participação e apoio de todos da comunidade escolar é de extrema importância para o sucesso das atividades da Comissão, que certamente refletirão na formatação de uma Unidade de Ensino Tecnológica Superior de excelência.

Ficamos a disposição para maiores esclarecimentos.
A Direção.

Lei Federal 10861/2004:

Art. 11. Cada instituição de ensino superior, pública ou privada, constituirá Comissão Própria de Avaliação - CPA, no prazo de 60 (sessenta) dias, a contar da publicação desta Lei, com as atribuições de condução dos processos de avaliação internos da instituição, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo INEP, obedecidas as seguintes diretrizes:

I – constituição por ato do dirigente máximo da instituição de ensino superior, ou por previsão no seu próprio estatuto ou regimento, assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada, e vedada a composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos;

II – atuação autônoma em relação a conselhos e demais órgãos colegiados existentes na instituição de educação superior.